EnglishPortugueseSpanish
Bem-vindo(a) à PokéEVO!

Somos um portal brasileiro dedicado ao Pokémon competitivo e que busca implementar a experiência dos jogos através de desafios que representam a jornada de cada jogador ou jogadora no mundo Pokémon.

Registre-se e jogue com a gente!

A primeira edição pelo Pokémon Showdown deu um ótimo gás à Copa Land, conseguindo superar as 100 inscrições pela primeira vez desde 2015, e com o maior número de participantes desde a segunda edição de 2014, mantendo acesa a chama do torneio Pokémon mais tradicional do Brasil. Além de uma maior oportunidade para as pessoas participarem do campeonato, a mudança para o PS também trouxe mais benefícios, como a alteração do critério de desempate para os empates triplos, onde agora os jogadores deverão continuar se enfrentando até sair um vencedor, e também a disputa num confronto melhor de três a partir das oitavas de finais, para diminuir um pouco a interferência da sorte nas fases mais críticas do torneio. Essa Copa Land também ganhou o teor “um por todos e todos contra o clã DR”, tanto pelo domínio dele nas últimas edições, quanto pelos últimos acontecimentos controversos no site.

A favoritíssima região Sudeste tenta conquistar seu quarto título consecutivo pela primeira vez. Com a adição de grandes nomes do ambiente de Pokémon Showdown, como os conhecidos okara e Splash, além da presença da atual campeã LiarFairy e também de Thiago Nunes, maior candidato ao título desta Copa Land, dificilmente o próximo campeão não será dessa região. O Norte deu um salto de qualidade, a boa fase de Hero Signal e o retorno de excelentes jogadores, como Alphastorm e Staraptor, qualifica esta região como segunda força deste campeonato. O Sul também se recuperou, e com a presença de ade50 e Caiopfvr, suas chances aumentaram consideravelmente. Apesar de estar presente nas últimas três finais, a força do Nordeste caiu nos últimos meses, então ele não repetirá seus melhores resultados desta vez. Sobre o Centro-Oeste, mesmo a incrível volta de Al-kun não fará com que esta região ganhe algum destaque.

Sobre o toque feminino do torneio, LiaFairy ganha a companhia de Melissa e Mirror Coat, temos então três mulheres na disputa pela vitória, recorde de classificação, podendo haver pela primeira vez um confronto entre elas. Enfim, com mais da metade dos participantes estreantes e de grande qualidade, não há dúvidas que esta é a Copa Land mais disputada dos últimos anos.

Grupo A

As duas vagas são de ade50 e Hero Signal.

ade50 (SC) - Ingressou recentemente no clã Dark Wolves. Foi campeão da Copa Sul em 2017 na EVO. Na EPL do ano passado ele foi MVP do metagame BW. Jogando bem, como sempre, deve chegar longe neste torneio e quem sabe finalmente faturar o título.

Hero Signal (TO) - Também conhecido como Toinha, ele fez uma excelente participação nas eliminatórias do Norte, vencendo todas suas lutas e desbancando jogadores históricos, como Luciano_Begot e Bloodseeker. Está em sua melhor fase e pode finalmente conquistar os primeiros pontos de Tocantins no ranking. Ele foi campeão da segunda edição do DE4 da EVO no ano passado.

CKJ (GO) - Participava da antiga LOP-DF e também da LOP Online, conquistando algumas insígnias e sendo chamado para ser líder de ginásio. Na EVO, CKJ conquistou alguns títulos, entre eles a Multitype Cup e Ubers Cup em 2018. Faz parte do clã Battle Tower.

Pride (SP) - Jogador do clã Drunks, em 2018 ele venceu o Campeonato Brasileiro Série C e neste ano foi campeão da edição God Among Us da 4Fun Stadium no site da EVO. 

Grupo B

Grupo muito equilibrado, ninguém sai em vantagem.

Leitão (CE) - Com a ausência de Koga, TSC, Rickbp1 e Hiei, ele entra nessa Copa Land como o jogador mais tradicional e assíduo deste torneio, chegando a sua nona participação. O título de 2012 parece muito distante, mas mesmo assim Leitão continua forte. O vice do primeiro torneio do ano passado foi bem amargo e o único jeito de apagar isso é conseguir o bicampeonato. É o terceiro colocado do ranking geral da Copa Land.

Melissa (DF) - Joga da EVO desde 2017. Seu primeiro título foi a Mirror Cup, ficando muito feliz com isso. A seguir vieram outros títulos, sendo o de maior destaque o EVO Classics. Em 2018 venceu o Campeonato Brasileiro Série A. Quando era integrante do clã DR, venceu a Liga de Clãs em 2017. Hoje ela faz parte do clã Dark Wolves. Melissa conquistou algumas insígnias pela Liga EVO e já foi convocada para ser líder de ginásio por duas temporadas.

Douglas (PA) - Melhorou bastante o seu jogo. Ele está em sua terceira participação consecutiva no torneio, sendo que na última ele foi terceiro colocado. Hoje ele está no clã AegiSlayers.

JFarias (SC) - Classificou-se em um grupo recheado de WOs das eliminatórias da região Sul. É a zebra desta Copa Land.

Grupo C

Thiago Nunes terá algum trabalho, mas confirmará seu favoritismo com o primeiro lugar do grupo. Todos os outros podem ficar em segundo.

Thiago Nunes (SP) - Integrante do clã DR, Nunes é um jogador que sempre sonhou em participar da Copa Land, mas não podia pelo fato da plataforma ser o 3DS. Teve um excelente ano de 2018 na EVO no Pokémon Shodown, terminando líder do ranking ao lado de LiarFairy e CaCaTuA. Ganhou vários títulos individuais, como alguns EVO Tours e o Factory Cup, e também faturou títulos por equipes, como Old Gen Draft League o Multi Tiers Draft League. Na EPL 2018 foi MVP do metagame Uber. É o grande favorito ao título desta edição.

PILZ (SC) - Mais um integrante da escola dos jogadores que passam de fase sem jogar. É membro do clã Zero. PILZ já conseguiu bastante destaque na EVO, vencendo vários títulos, entre eles vários EVO Tours, o DE4 da Liga EVO no ano passado e também a EVO Premier League.

Gallaniel (RJ) - Mais um jogador do clã Dark Wolves. Individualmente ele venceu três torneios na EVO: Under Used War, Uber Premier Cup e EVO Classics, todos em 2017. Por equipes, ele venceu o Multi Tiers Draft em 2018.

Al-kun (MS) - Após três anos de ausência, a Copa Land volta ter a presença do lendário Al-kun. Acostumado com os títulos, na plataforma do Pokémon Showdown ele conseguiu faturar a Copa Centro-Oeste em 2017 e 2018. Em 2015 ele foi campeão da Copa EVO. Se ele se esforçar, dará bastante trabalho aos outros jogadores e poderá chegar longe neste torneio, uma das poucas coisas que faltam em seu currículo.

Grupo D

LiarFairy e Splash serão os classificados.

LiarFairy (RJ) - Se ela fosse a Daenerys e fosse anunciada por alguém, seria mais ou menos assim: “LiarFairy, melhor jogadora do metagame OU do Brasil, campeã da Liga de Clãs, líder do Ranking de Pokémon Showdown da EVO, primeira campeã da Copa Land, quebradora de recordes”.

Splash (SP) - Jogador bastante conhecido do cenário do Pokémon Showdown, Splash vem forte e pode sonhar em voar longe, quem sabe até mesmo acabar com o título. Foi campeão da EPL em 2017 e 2018, sendo MVP no metagame ORAS em 2017. Ganhou o DE4 da Liga EVO este ano.

TioDragonite (SP) - É o jogador mais novo desta Copa Land, com 13 anos e sete meses, porém,  não conseguiu quebrar o recorde de classificado mais novo da história, que ainda é de  guivalgas, com 13 anos e quatro meses. Começou a jogar o modo competitivo recentemente no fórum da Pokéfrontier e depois na EVO. Foi chamado para ser líder de ginásio da Liga EVO, ganhou também quatro insígnias por lá. É integrante do clã Dark Wolves.

GelatinOSO (PA) - É integrante do clã Zero. Ele conquistou três insígnias pela Liga EVO.

Grupo E 

Staraptor ficará em primeiro do grupo. O segundo colocado é uma incógnita. 

Staraptor (AM) - Jogador antigo da EVO, teve excelente participação nos metagames BW e ORAS. Voltou para a Copa Land depois de quase quatro anos, em suas três participações anteriores sempre esteve presente nas quartas de finais, o que garantiu uma boa posição no ranking e sua qualificação como cabeça de chave deste torneio. Será um dos jogadores a ser batido.

TistieyZ  (ES) - Membro do clã DR, esteve presente em sua melhor fase, vencendo a Copa EVO 2017 e duas edições da Liga de Clãs. Venceu também o Campeonato Brasileiro por Equipes. Individualmente também teve boa presença, como em 2017 sendo campeão do Campeonato Brasileiro Série B e em 2018 do ZU Stadium e alguns EVO Tours. Na Liga EVO obteve duas insígnias e hoje é membro da Elite dos Quatro.

Jony (CE) - Teve uma recaída e voltou a jogar com bem mais frequência do que antigamente, ou seja, sua aposentaria é uma farsa. Em 2016 e 2017 ele foi líder do ranking de PS da EVO. Recentemente ele se tornou membro do clã Sky.

ZampauloZ (SP) - Começou a jogar competitivamente em XY no fórum da EVO e também na PokéBrasil. Ganhou alguns títulos nos dois fóruns e foi chamado para participar do clã Team Magma, que foi futuramente absorvido pelo Dark Wolves. Ele deu uma pausa nos jogos e retornou as competições este ano. 

Grupo F 

É o grupo da morte desta Copa Land. Uma das vagas é de okara. A outra ficará entre Alphastorm e Trapp. 

Alphastorm (AM) - Esteve bastante ausente em 2018, mas neste ano retornou a atividade, conseguindo novamente a classificação para a Copa Land, sendo esta a  sua sétima participação.

Bertold (SP) - É integrante do clã AegiSlayers. Em 2018 ele foi campeão do Multi Tiers Draft e do EVO Tour #24.

okara (SP) - Jogador bastante conhecido dos simuladores, sempre esteve presente na EVO. Sua melhor fase foi em 2011 e 2012, no metagame BW. É um dos maiores campeões do EVO Tour, vencendo ele em várias épocas, inclusive uma vez este ano.

Trapp (SP) - Conhecido hoje como irmão da Sabrina, e não o contrário, ele foi terceiro lugar na primeira edição da Copa Land 2018. No ano passado também, ele venceu o Multi Tiers Draft League. Tentará ao menos repetir sua melhor colocação. 

Grupo G 

Caetano passará sem dificuldades. Não se sabe ainda quem será o outro classificado.

Caetano93 (RS) - Em uma gestão autoritária da EVO, as últimas decisões tomadas por Caetano93 foram bem questionáveis. Por bem ou por mal, fez uma faxina na organização do site para manter a ordem. No cenário competitivo, recentemente foi selecionado para participar da OUPL do Smogon. Em 2018 foi campeão do EVO Master Series e no início desse ano ganhou um EVO Classics.

DiegoCosta (RJ) - Foi um dos últimos jogadores classificados pela repescagem do Sudeste. Ele faz parte do clã Drunks.

JLK (AL) - Foi o primeiro classificado na Copa Land pelo estado de Alagoas. Classificou-se no grupo mais difícil das eliminatórias do Nordeste, eliminando grandes nomes, como CaCaTuA. Começou a jogar competitivamente em 2017, e os títulos vieram em 2018, como o Ubers Open e o Old Gen Draft League. Tem afinidade com o metagame Ubers, mas hoje anda se aventurando bastante em OU. É o segundo no comando do clã Dark Wolves e faz parte da organização da EVO.

Mirror Coat (SP) - Quebrou o recorde de LiarFairy e hoje é a jogadora mais nova a se classificar para a Copa Land. Ela é irmã do Trapp. Garota prodígio, venceu um torneio na Megagen com 11 anos. Tem bons resultados em team tours. Mirror Coat esteve no centro da polêmica envolvendo o clã Earthquakes na Copa EVO em 2017. Ironicamente, hoje ela faz parte desse clã. Ela tem grande potencial no cenário competitivo. 

Grupo H 

Reis está em alta e ficará com uma das vagas. A outra será bem disputada, com Ryan37 um pouco a frente dos outros dois. 

Reis (SP) - Relembrando os bons tempos que teve em ORAS, recentemente foi campeão da Taça EVO Golden Cup, conseguindo o feito de ser o primeiro jogador na história a ganhar a Copa Land e a primeira divisão da Taça EVO.

MAIK 23 (RJ) - Jogador competitivo desde o longínquo Netbattle, MAIK 23 conquistou alguns torneios do metagame RSE na região serrana do Rio de Janeiro. Nas gerações cinco e seis, ele focou mais nos simuladores. Migrou recentemente para a EVO porque os grupos que participava fecharam.

Ryan37 (AL) - Membro do clã Dark Wolves, Ryan37 é outro estreante do estado de Alagoas. É bastante ativo na EVO, conquistando alguns torneios por lá, como o UU Open este ano e o OU Draft League ano passado. Ele se tornou líder de ginásio da atual temporada da Liga EVO.

Caiopfvr (SC) - Retornando a Copa Land depois de três anos, Caiopfvr estava inativo, voltando a participar dos torneios recentemente. Ele foi bicampeão do DE4 da LOP que ocorreu em Belo Horizonte em 2016, nos metagame UU e OU. Venceu todos os membros da elite, e se tornou o último campeão da LOP antes de ela encerrar suas atividades.